21.6.07


Um vento que passa.

Um rapaz de vinte e três anos pega na minha mão esperando um beijo.

Um outro, já homem, no entanto inda rapaz, que espera que eu seja sua esposa.

Recados no celular, um convite para um almoço, confirmação do horário da consulta, confirmação de um trabalho e alguém que só sorriu e deixou a linha cair.

Manipulações. Recados internéticos. Um mundo de auto-retratos e amores possíveis.

Detenho-me em platonismos.

Por enquanto.


Impressões sobre o amor- PARTE VII

3 comments:

Διόνυσος said...

powerful you are
life and letters
hell with Plato!
shut up and kiss

Διόνυσος said...

...besides dear,

I'll love to make this book...

WITH YOU!!! let's do it!!!

Edu said...

linda!!!!!