27.5.12

CONTEÚDO LIVRE: Fulanos e beltranos - MAÍRA DVOREK

CONTEÚDO LIVRE: Fulanos e beltranos - MAÍRA DVOREK: Imaginação PROSA, POESIA E TRADUÇÃO Fulanos e beltranos   MAÍRA DVOREK   SUZANA EXAMINAVA o currículo dos rapazes antes ...

25.3.12

amor de um fotograma só

só amor


amor só

8.10.11

Shaná Tová Humetuká!



Ontem às 19hs, noite que antecedeu o Yom Kipur, ouvimos no Kol Nidrei as palavras do Rabino, com o burburinho ao fundo de crianças que não paravam de brincar.
Hoje, no encerramento, assistiremos o toque do Shofar para que o ano seja bom.

12.3.11

THE RULES OF FIGHT CLUB


#1 - The first rule of Fight Club is, you do not talk about Fight Club.
#2 - The second rule of Fight Club is, you DO NOT talk about Fight Club.
#3 - If someone says stop, goes limp, taps out, the fight is over.
#4 - Two guys to a fight.
#5 - One fight at a time.
#6 - No shirts, no shoes.
#7 - Fights will go on as long as they have to.
#8 - If this is your first night at Fight Club, you have to fight.

11.3.11

a índole e´ amiga do tempo

10.12.10

Posted by Picasa

photobiografias...

















desencontros...
Posted by Picasa

photobiografias poéticas



















essa a partir do quadro " In bed Kiss" do Toulouse Lautrec.
Fica a sugestão rsrsrs
Posted by Picasa

27.11.10

missão comprida cumprida

Arícia

Nesse sábado de segunda-feira
me veio  do nada a fala da bela Arícia...
Acho que é a beleza do texto de Racine que me fez guardá-lo na memória:
" Meu coração escuta avidamente, mas meu coração é nutrido só de amargura e pranto. Triste joguete de um destino implacável, pode um dia acordar para o amor e seus loucos encantos? Último resto do sangue de um rei fui a única a escapar aos furores da Guerra. Teseu me fez perder meus irmãos, todos na flor dos anos, qualquer esperança de uma casa ilustre. A espada ceifou tudo e a terra úmedecida bebeu com o horror  o sangue desses meus irmãos. Depois da morte deles uma lei infame condena qualquer homem que suspirem. Temem que as cinzas de meus irmãos possam reanimar-se com as labaredas desprendidas por uma paixão.
Com que olhar de desprezo eu olhava o vencedor inclemente.
E como eu também renegava, o amor, até agredecia ao injusto Teseu...
Mas meus olhos...Ah os meus olhos então ainda não tinham pousado em seu filho..."

23.11.10

If not for fear, sin would be sweet.
                                        Jewish Proverb

Caderno de anotação de uma atriz: Toccata: Frescobaldi for cello and piano

21.11.10

hoje reli com uma outra atenção: 
"
         HAMLET: Ser ou não ser… Eis a questão. Que é mais nobre para a alma: suportar os dardos e arremessos do fado sempre adverso, ou armar-se contra um mar de desventuras e dar-lhes fim tentando resistir-lhes? Morrer… dormir… mais nada… Imaginar que um sono põe remate aos sofrimentos do coração e aos golpes infinitos que constituem a natural herança da carne, é solução para almejar-se. Morrer.., dormir… dormir… Talvez sonhar… É aí que bate o ponto. O não sabermos que sonhos poderá trazer o sono da morte, quando alfim desenrolarmos toda a meada mortal, nos põe suspensos. É essa idéia que torna verdadeira calamidade a vida assim tão longa! Pois quem suportaria o escárnio e os golpes do mundo, as injustiças dos mais fortes, os maus-tratos dos tolos, a agonia do amor não retribuído, as leis amorosas, a implicância dos chefes e o desprezo da inépcia contra o mérito paciente, se estivesse em suas mãos obter sossego com um punhal? Que fardos levaria nesta vida cansada, a suar, gemendo, se não por temer algo após a morte – terra desconhecida de cujo âmbito jamais ninguém voltou – que nos inibe a vontade, fazendo que aceitemos os males conhecidos, sem buscarmos refúgio noutros males ignorados? De todos faz covardes a consciência. Desta arte o natural frescor de nossa resolução definha sob a máscara do pensamento, e empresas momentosas se desviam da meta diante dessas reflexões, e até o nome de ação perdem. Mas, silêncio! Aí vem vindo a bela Ofélia. Em tuas orações, ninfa, recorda-te de meus pecados. "


Reler os clássicos, sempre.                                                                                  

da série de incoerências musicais PARTE II :Marriage is for old folks - Nina Simone

da série de incoerências musicais...Nina Simone - Be My Husband

18.11.10

 Dizem que ao Sul do noroeste da Austrália, há uma tribo de aborígenes (portando uma tatuagem de flecha no lado direito do peito) que tem como tradição conservar o crânio de empreenderores em recipientes a base de um extrato raro que lembra muito o formol exceto, pelo seu odor agridoce. Foram encontrados vestígios desse mesmo odor em Campeonatos de Boliche no Texas. O campeão ostentava um sorriso de ouro metálico e no peito, uma flecha.
                                                                                        M. Dvorek
- Feish merda?
-Fish...
- Então, vaza, mané!

14.11.10

o salto
                                        

                                               antes
                                                             do
                                                                       pensamento

13.11.10

¿Por qué me mira, si no te gusta bailar?

Always remember...

                 you're unique - just like everyone else.

12.11.10

9.11.10

relam(p)
         (b)
              eijou

Caetano Veloso - Come As You Are

5.11.10

um dia a mensagem na garrafa chega...

3.11.10

25.10.10

Tem acontecido com frequencia:
- Seu nome, Sra?
- Maíra
-Maira do que?
- Não não é Maira é Maíííra!
- Ahn, entendi Sra " Maíra " com "Y"
- Não, é Maíra, M- A- Í- R- A, com acento no "i".
- Ahn ok Srta Mayara, qual seu sobrenome, por favor?
- É Maíra Dvorek
- De que?
- Dvorek
- Poderia repetir o nome da empresa, Sra?
- Não é empresa, é o meu sobrenome : Dvorek. D-V-O-R-E-K.
- Ahn ok Maíra, pode deixar que vou transmitir o recado que Maíra De Voreki ligou.
- Tu tu tu tu

15.10.10

"A vida não caminha em linha reta", disse o bêbado.
Maíra Dvorek
Posted by Picasa

6.8.10

O QUE DE FATO INTERESSA



E por último o mesmo sob o olhar de Roy Lichtenstein, já não era mais o mesmo.

Caiu hoje na minha mão, ao acaso ( como sempre ocorre com as coisas boas)
o trabalho dessa artista que eu não conhecia: Louise Bougeois. Vale a pena dar um google e conferir.
...mas daí me lembrei, ao ver a imagem famosa da aranha, que já a conhecia, mesmo sem saber o nome.
Não é sempre assim com todas as coisas boas?

21.7.10

Divina é a arte de ter discernimento

15.7.10

RUN LOLA RUN TRAILER

corre
corre
corre
correriaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Quer saber?
Tô adorando!

4.7.10

SÃO PAULO, 4 DE JULHO DE 2010, DOMINGO: O PRIMEIRO DIA DE NOSSAS VIDAS
  1. TEXTO (OK)

Agite antes de usar

Fazer Valer a Pena de Vida


domingo?
legal...Bora ir trabalhar...